quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Cometa ISON - Trajetória, destino e plenitude


Saiba como será a trajetória do "Comenta do Séculos" nos próximos dias

Astrônomos profissionais e amadores de todo o planeta aguardam ansiosos a aproximação do Cometa ISON (C/2012 S1) que promete fazer seu espetáculo quando se aproximar de nosso Sol no final deste ano. 

Atualmente o comenta já pode ser visto com auxílio de telescópios ou binóculos antes da aproximação total do Sol em 28 de novembro deste ano. 

Existem algumas possibilidades do destino do cometa. 

Possibilidade nº 1 - O comenta ISON contornará o Sol de acordo com as previsões da mecânica estatística e gravitacional, deixando um rastro característico e uma chuva de meteoros ocasional.

Possibilidade nº 2 - O comenta mergulhará no Sol já que o mesmo não poderá ter uma velocidade de escape para sair do campo gravitacional do Sol 

Possibilidade nº 3 - ISON se partirá em vários pedaços devido as forças de maré geradas antes de atingir o periélio. 

Possibilidade nº 4- ISON entra em Outburst, uma possibilidade pouco provável porém possível, que faz com que um cometa repentinamente perca muita massa e passa a brilhar centenas de vezes. 

Então quando poderemos ver o Cometa #ISON?

No dia 28 de novembro, o cometa se aproxima dentro de cerca de 1,2 milhão km da sua superfície visível do Sol. Aqui no Brasil, segundo as previsões, o cometa poderá ser visto nas manhãs anteriores do periélio que acontecerá dia 28 de novembro, quando sua cauda (coma) formada por gelo sublimada pela ação dos ventos solares, dará seu espetáculo esperado.

Quanto mais próximo do Hemisfério Norte, melhores serão as condições para a observação do cometa, uma vez que a órbita de ISON favorece mais aos observadores daquele hemisfério. Se ISON contornar o Sol como o esperado pelos modelos matemáticos, ambos os hemisférios serão contemplados.

Segundo a #NASA, em 26 de dezembro, o cometa aproximará de nosso planeta (se caso sobreviver) a 64,2 milhões quilômetros, ou cerca de 167 vezes mais distante do que a lua, e será visível durante a luz do dia!

Atenção: Nunca olhe diretamente para o Sol usando binóculos e telescópios. As suas lentes irão concentrar a luz do Sol nas suas retinas e você poderá ter graves lesões na visão!

Referências: 



0 Comentários:

Postar um comentário

Não serão permitidos comentários de baixo calão ou palavras levianas que possam incomodar e atrapalhar um trabalho sério como a Ufologia e a Astronomia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...