quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Igreja Católica construiu império imobiliário com dinheiro do regime fascista de Mussoline na Itália


Por trás do Papa Bento XVI há um porfolio de propriedade, que inclui estabelecimentos comerciais na Rua Londres, New Bond. Fotografia: Alessandra Benedetti / Corbis
O jornal inglês The Guardian publicou uma reportagem em que afirma que o Vaticano construiu um império imobiliário a partir de valores pagos pelo ditador italiano Benito Mussolini em troca de reconhecimento da Igreja Católica a seu regime fascista.

O Guardian afirma que através de empresas offshore (organizações situadas fora do país de origem de seu proprietário com o propósito de reduzir o pagamento de impostos), o Vaticano comprou imóveis de alto valor, em localizações privilegiadas de Londres, capital da Inglaterra.

A reportagem investigativa descobriu que além dos imóveis em Londres, a igreja possui ainda blocos de apartamentos de alto padrão na Suíça e na França.

Os valores que Mussolini pagou ao Vaticano somariam, hoje, aproximadamente £ 500 milhões, o equivalente a R$ 1,6 bilhão de reais na cotação atual. A reportagem, que pesquisou documentos antigos para comprovar as denúncias, chama atenção ainda para a disposição da Igreja Católica em ocultar suas propriedades.

A matéria assinada por David Leigh, Jean François Tanda e Jessica Benhamou apresenta o depoimento do John Pollard, da Universidade de Cambridge. Para ele, o dinheiro repassado por Mussolini à Igreja Católica foi essencial para evitar a falência da denominação: “O papado agora, está financeiramente seguro de que nunca será pobre de novo”, afirmou.

A investigação feita pelos jornalistas questionou os motivos de mesmo após os períodos de guerra mundial, a igreja ainda insistir em manter suas propriedades em sigilo. O representante do Vaticano em Londres, arcebispo Antonio Mennini, foi consultado para oferecer a versão da Igreja Católica sobre o assunto, porém, preferiu não se manifestar.

O Papa Bento XVI também não quis se pronunciar com a imprensa sobre o caso!

G Notícias/ The Guardian

0 Comentários:

Postar um comentário

Não serão permitidos comentários de baixo calão ou palavras levianas que possam incomodar e atrapalhar um trabalho sério como a Ufologia e a Astronomia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...