segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Descoberta de vida extraterrestre até 2020 – Mercúrio ou Marte?


O artigo abaixo, é do renomado colunista Mustafar Ali kanso, sobre duas notícias veiculadas através do site de divulgação científica, HypeScience.com
A primeira se refere aos resultados da primeira análise completa do solo marciano realizada pela sonda Curiosity e a aparente “atmosfera de mistério” com que o relatório da NASA foi cercado até sua publicação na União Geofísica Americana do dia 03 de dezembro.
E a segunda, relacionada com a descoberta de gelo e compostos orgânicos complexos em Mercúrio.
Evidentemente tudo a ver com meu artigo de 15 de julho “Descoberta de Vida Extraterrestre até 2020” – sugerindo que um azarão tinha entrado no páreo.
De fato, Mercúrio seria um dos últimos astros a ser cotado como forte candidato a abrigar formas de vida (mesmo primitivas), seja em virtude das elevadas temperaturas de sua superfície, seja pela elevada dosagem de radiação ultravioleta que a tudo esteriliza – dada sua órbita ser a menos afastada do Sol.
Ironia ou não, a discussão se reacendeu, muito mais por Mercúrio do que por Marte.
Em alguns e-mails, meus leitores, que também ousam fazer algumas previsões, sugerem que Mercúrio poderia ser a descoberta do século – pois algumas crateras de seu polo norte ficam “às escuras” livres de toda a abundância esterilizadora da energia solar.
Mesmo com a pouca probabilidade desse azarão entrar na galeria dos planetas premiados com a possibilidade de vida, a notícia por si só faz acender algumas luzes em nossos painéis de assombro.
Isso sem contar Titã – a célebre lua de Saturno – cujos indícios da presença de oceano de água se tornaram mais concretos depois das análises dos dados coletados pela sonda Cassini.
Marte surge como favorito, principalmente com os esforços realizados nesses últimos anos e a divulgação da agenda de novas missões:
2013 – Sonda MAVEN (NASA)

Como a própria sigla sugere, a sonda MAVEN para Mars Atmosphere and Volatile EvolutioN ( evolução da atmosfera e ambientes voláteis de Marte) deverá estudar a atmosfera superior de Marte tendo como um dos principais objetivos descobrir o que ocorreu com os oceanos que parecem ter coberto Marte no passado

2016 – Missão InSight (NASA)

Programada para ser lançada em Março de 2016 e chegar a Marte em Setembro do mesmo ano a Insight terá como objetivo principal o estudo do interior de Marte, na tentativa de descobrir porque o planeta não possui placas tectônicas que se deslocam, como na Terra e o que provoca seus abalos sísmicos e com isso tentar entender um pouco mais sobre a formação dos planetas rochosos.

2016/2018 – Missão ExoMars (NASA/ESA)

Em missão conjunta com a Agência Espacial Europeia (ESA) a missão ExoMars composta por módulo orbitador e veículo de exploração no solo tem como principal objetivo a busca por gelo e água e também sinais de vida.

2020 – PRÉVIA ORBITAL (NASA)

Um novo veículo robô, similar ao Curiosity, terá como principal tarefa levantar as informações necessárias para viabilizar a missão tripulada de 2030.

Com todas essas novas missões para o planeta vermelho ouso reiterar o que já afirmei – a declaração oficial da descoberta de vida não terrestre é apenas uma questão de tempo.

Por Mustafá Ali Kanso, site HyperScience
-o-

0 Comentários:

Postar um comentário

Não serão permitidos comentários de baixo calão ou palavras levianas que possam incomodar e atrapalhar um trabalho sério como a Ufologia e a Astronomia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...