terça-feira, 9 de outubro de 2012

Astrônomos descobrem a velocidade em que nosso sistema solar viaja pela galáxia e qual nossa distância do centro galáctico


Utilizando medições precisas de objetos celestes da nossa própria galáxia e seus movimentos, uma equipe de astrônomos liderados pelo professor Mareki Honma, do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ), conseguiu refinar as medidas da distância a que nos encontramos do centro da galáxia, e qual a velocidade com que nos movemos.
Estamos a 26.100 anos-luz de distância do centro da galáxia, nos movendo a 240 quilômetros por segundo (km/s). A velocidade encontrada é cerca de 10% maior que o valor anterior calculado, 220km/s, por um fato simples: ela depende da massa da galáxia, e se o valor encontrado é um pouco maior do que o conhecido, isto implica também que há mais matéria escura na galáxia do que se imaginava antes.

VERA

Os dados foram obtidos a partir do VERA (VLBI Exploration of Radio Astrometry, ou Exploração de Rádio Astrometria VLBI). VLBI significa “Interferometria de Linha de Base Muito Longa”, da sigla do inglês Very Long Baseline Interferometry.
Esses laboratório japonês usa triangulação para determinar posição e movimento próprio de objetos celestes, a fim de identificar a estrutura tridimensional da galáxia. A construção do VERA terminou em 2002, e suas medições têm sido obtidas de forma regular desde 2007.
Os radiotelescópios com discos de 20 metros usados pelo VERA estão localizados em várias cidades do Japão: Oshu, na prefeitura de Iwate, Satsumasendai na prefeitura de Kagoshima, vila de Ogasawara em Tóquio, e Ishigaki na prefeitura de Okinawa (no Japão, uma prefeitura é um ente público maior que as vilas e cidades, o equivalente a um estado ou província).

Triangulação

Triangulação é um método geométrico para medir distâncias sem precisar correr uma trena por todo o comprimento do objeto. É um método usado desde que a trigonometria foi inventada, e se baseia na observação de dois pontos em locais diferentes, ou seja, usando a paralaxe.
A paralaxe mais simples pode ser obtida esticando o braço e “fazendo pontaria” com um dos olhos, alinhando o polegar e o objeto que se quer medir a distância. A seguir, usa-se o outro olho e observa-se qual a distância que ficou o polegar do alinhamento. Esta distância é usada para fazer o cálculo da distância ao objeto mais distante.
No caso da paralaxe usada para medir estrelas na galáxia, a distância entre os olhos não é suficiente, e nem mesmo a distância entre dois lados da Terra. Por isso, é usada a distância entre dois pontos opostos na órbita terrestre, o que dá quase 300 milhões de quilômetros de distância.

Mais matéria escura

A rotação de uma galáxia é determinada pelo balanço com a gravidade galáctica, de forma que a medição da rotação da galáxia é equivalente a medir a massa galáctica.
Quando a massa da Via Láctea na órbita do sistema solar foi medida pela velocidade de rotação galáctica, o total deveria ser maior em não menos do que 20%. Como isso não aconteceu, os cientistas explicam que a quantidade total de matéria escura nesta área deve ser maior do que as projeções feitas até agora estimaram.
As medidas anteriores haviam sido confirmadas em 1986 pela União Internacional Astronômica, IAU. Em outras palavras, essa é a primeira atualização desta medida em 26 anos. Os novos valores são R0=8,0 +/- 0,5kpc (quilo-parsec) ou 26.000 anos-luz +/ 1.600 anos-luz para a distância que nos separa do centro galáctico, e Θ0=240 +/- 14 km/s, para a velocidade linear. Apesar do valor da distância não ter sido alterado, o novo valor foi medido com precisão muito maior, e além disso foi confirmado que a velocidade é praticamente constante entre 10.000 e 50.000 anos-luz do centro galáctico
Hyperscience.

0 Comentários:

Postar um comentário

Não serão permitidos comentários de baixo calão ou palavras levianas que possam incomodar e atrapalhar um trabalho sério como a Ufologia e a Astronomia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...