quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

A Dimensão Etérea dos Extraterrestres - Conheça o AKASHA




      
Muitas vezes vemos relatos de  que nossos amigos de luz, viajam através de nuvens como no caso Fátima e atualmente em Moscou e na Romênia em novembro do ano passado (Foto ao lado), neblinas e muitas vezes as naves invisíveis a olho nú, apenas captadas pelas lentas infravermelhas das câmeras digitais atuais.

Quando abordamos o fenônemo UFO, encontraremos várias ingócnitas e uma delas é o espaço onde estes seres são capazes de trafegar. No espiritismo assim como na Teosofia da Madame Blavatsky, existe uma teoria comum que diz-se de dimensões físicas no qual seres podem trafegar livremente, onde as leis da natureza não são usadas. Assim como nos humanos temos uma aura que vibra numa frequência diferente da nossa, que podemos chamar de corpo espiritual, o nosso planeta também tem dimensões ou cópias de sí próprio. Segundo nossos cientistas, que se basearam na Teoria das Cordas de Albert Eisntein, nosso Universo é composto por 11 dimensões:  3 espaciais (altura, largura e comprimento), 1 temporal (tempo) e 7 dimensões recurvadas (sendo a estas atribuídas outras propriedades como massa e carga elétrica, por exemplo), o que explicaria as características das forças fundamentais da natureza. Essas dimensões recurvadas se forma a partir de partículas subatômicas que vibram em diferentes frequencias, assim como nosso CORPO ETÉREO. No espiritismo é chamado de Experiência de Perispírito, quando nossa aura transcende o nosso espaço físico entrando em uma dessas dimensões extra físicas. 

Acontece o mesmo com as naves espaciais. Eles podem estar anos-luz a nossa frente em relação a Tecnologia. Podem até mesmo conhecer cada partícula sub-atômica e controlar assim como os cientistas já estão fazendo no Acelerador de Partículas chamado de  Colisor de Hádrons. Com o conhecimento adequado dessa dimensão, eles podem muito bem trafegar sem que nossas meras retinas possam captá-los podendo estar envoltos nessa camuflagem dimensional. Sem contar que as leis da Física, quando se fala em relatividade e paradoxos do tempo-espaço, são burladas. Isso pode explicar porque existem vários relatos de naves que transpassam as barreiras de velocidade dos nossos atuais veículos espacias.

Esse caso se deu em uma gelada manhã de domingo em 17 de novembro de 1974, quando o senhor Laursen saiu para caminhar com seu cachorro perto do lago Nørre Sø em Viborg, Dinamarca. Ele gostava de observar pássaros perto do lago, para o que havia levado sua câmera fotográfica colorida de 35 mm. Repentinamente viu um enorme objeto no ar, pegou sua câmera e logo conseguiu tirar uma foto. Olhou então ao redor procurando por outras pessoas que pudessem corroborar o incrível objeto que havia fotografado, mas não encontrou ninguém. Quando virou sua face de volta o objeto voador já havia desaparecido. A imagem capturada no filme Kodacolor, no entanto, já iria constituir uma das mais curiosas evidências fisicas de OVNIs.


                                 
Essas Outras fotos foram retiradas pelo Soldado X, no caso Belvoir, nos EUA em 1957.Quando uma testemunha chamou as pessoas que estavam lá para observar este estranho objeto em forma de nuvem. O soldado logo começou a fotografar o ocorrido.

Ele se apressou para o carro onde pegou sua câmera Brownie 127, com a qual conseguiu tirar uma notável série de seis fotografias em preto e branco. Entre a segunda e a terceira, o OVNI negro começou a ser cercado por uma fumaça branca, que acabou por envolvê-lo completamente ao final da série de fotos. Em 1967 as fotos foram finalmente divulgadas em uma revista popular, que apresentava o OVNI em formato de anel como um completo mistério.




O AKÁSHA OU ETÉR 

Para entender melhor o que é esta nuvem artificial criada pelos Extraterrenos é preciso saber o que é este elemento pouco conhecido da física moderna. o nome Akasha vêm do Sãnscrito  (Akash, Aakaashá, Ākāśa, आकाश) que significa ÉTER. o Éter ou Akásha é todo o princípio original do universo, o espaço cósmico, também chamado de quinto elemento ou quintessência pelos alquimistas, ou a quinta ponta do pentagrama exotérico.
É o substrato espiritual primordial,aquele que pode se diferenciar. Segundo a teosofia relaciona-se com uma força chamada Kundalini. Eliphas Levi o chamou de luz astral. No paganismo,, o Akasha, também chamado de Princípio Etérico, corresponde ao espírito, à força dos Deuses. Na doutrina de Hermes Trimegistos, segundo Franz Bardon, o Akasha é representado pelo Ovo Negro, sendo um dos cinco Tattwas constituintes do universo. No Espiritismo é chamado de hausto divino. Na simbologia WIKA o universo também foi criado por 5 elementos sendo o AKASHA o que comanda os demais( o princípio original).

O Akasha é a base concetra ou abstrata de todas as coisas que foram criadas no universo. Muitas religiões conhecem como DEUS ou a força invisível que está em volta de tudo.

A partir do principio da teoria as cordas de Einstein, e na busca dessa "particula de Deus" os cientístas conseguiram observar no Large Hadron Collider (LHC), na fronteira entre a França e a Suíca, no qual prótons são acelerados a altíssimas velocidades, e altíssimos níveis de energia mais especificamente, 7 trilhões de volts. Em quatro pontos do anel, sob temperaturas apenas levemente superiores ao zero absoluto (-273,5ºC), as partículas se chocam, produzindo uma chuva de outras partículas, recriando um ambiente muito parecido com as condições existentes instantes depois do Big Bang.

O GRANDE COLISOR DE HÁDRONS 
A partir daí a missão foi descobrir o "Bóson de Higgs" o princípio de toda a materialidade de nosso universo. Por muito tempo o 'atomo' da palavra grega "indivisível" se mantêve nesse princípio de que era impossível fatiá-lo em pedaços. mas aos poucos os cientistas descobriram que o próprio átomo era resultado da interação de partículas ainda mais fundamentais. E eles foram descobrindo essas partículas uma a uma. Entre quarks e léptons, férmions e bósons, são 16 partículas fundamentais: 12 partículas de matéria e 4 partículas portadoras de força. Portanto já foi provado que não é uma simples teoria, sobre essa substância fantástica dos alquimístas.

Essa partícula, é chamade de "Partícula de Deus" pois no modelo padrão da física, até então não se sabia o certo qual a substância que daria "materialidade" a todo o universo. O Bóson de Higgs é o mais próximo do que seria o AKASHA ou ÈTER, a substância única, divina, no qual se situa várias dimensões e várias terras num modelo de multiverso.  Esta substância segundo a doutrina espírita e Teosófica, é o combustível de algumas entidades cósmicas, para que possam traspassar a barreira de suas leis físicas para adentrar nas nossas. Digamos que o Akasha é a ponte entre nós e os seres Extraterrenos.

0 Comentários:

Postar um comentário

Não serão permitidos comentários de baixo calão ou palavras levianas que possam incomodar e atrapalhar um trabalho sério como a Ufologia e a Astronomia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...